NOVA CARA DE COZINHA AUTORAL NA TIJUCA

Adoro lugares fora dos circuitos batidos que se destacam com boa comida e boas caras.

Toninho do Bar do Momo na Tijuca, é uma nova cara da cozinha autoral. Sim, ele é auto-didata, ele cria com personalidade, ele sapateia nas concepções manjadas e oferece um banquete de comfort food. Que delícia o aperitivo de degustar cozinha autoral em um bar, sem garçom bajulando demasiadamente, e comensal mandando no cardápio dizendo que quer assim ou assado.
pratomomo

Caldinho de feijão tropeiro, bolinho de arroz, queijo quente de carne assada e atolei no Momo, só pra começar. Hambúrguer de jiló, de linguicinha tostada, de carne seca e o que mais der na telha de Toninho. O soco de misericórdia é quando está disponível a cereja do hambúrguer: o picles de caju, que vem abraçadinho no queijo meia-cura e acariciando pão de abóbora. Tolamente ele pensa que me serviu um sanduíche, ledo engano, me nocauteou com a ousadia de combinações e sensações escondidas fora do menu, como a memória afetiva, brasilidade no conceito, e criatividade na sua cabecinha pensante irriquieta – o cinturão de campeão de qualquer cozinheiro.

bardomomoimagem2

A cozinha lateja criatividade e a única fome que perdura por lá é a do conhecer. Tudo com respeito pelo produto e pelo que é servido.

Mais Toninhos nas cozinhas, por obiséquio.

Gastroholic, cozinheira, empresária, ceramista e certificada em jornalismo gastronômico. Chef executiva do catering ARB atuante no setor hoteleiro – RJ.
Leia mais